8.5.05

Rebeldia

Que pena ela não existe mais, destruiram a rebeldia e deixaram um mundo conformado com a pobreza, com a miséria, com as guerras por dinheiro e com a hipocrisia moral. O capitalismo, nosso velho e bom amigo, tratou logo de acabar esse mal, ligando rebeldia à coisas ruins, apontando os rebeldes como vagabundos drogados, assasinando cruelmente seus lideres, tratando de criar uma educação de conformidade com a hipocrisia moral e com os seus conceitos cruéis. Que fim triste teve o espirito de revolução das decadas de 60 e 70, que fim triste teve a esperança de ter um mundo mais sincero consigo mesmo e mais justo com os outros, que fim triste teve a ideologia de igualdade dos panteras negras, a liberdade sexual e o fim das guerras pregada pelos hippies, o socialismo justo defendido com unhas e dentes por Che Guevara, a liberdade de comunicação pregada pelo movimento estudantil, o ativismo em defesa do meio ambiente pelo Green Peace. Destes só nos restaram lembranças, o capitalismo tratou de esmaga-los cruelmente antes de qualquer ameaça contra a sua hegemonia, e agora nos força a viver num mundo de guerras e de ambição extrema, iludindo a população com suas maquinas de controle de mentes, transformando revolucionarios em terroristas(tal fizerem com Che), sendo que os verdadeiros terroristas são eles. Rezo todos os dias para que essa cultura de conformidade acabe, para que voltemos a nos rebelar contra essa hipocrisia reinante e voltemos a sonhar com um mundo mais justo. Salve a rebeldia!