28.11.04

E derrepente, as luzes se apagam e o palco se fecha, o palhaço fora embora, levando consigo sorrisos e a fertil imaginação infatil, e por um instante o mundo ficou submerso na tristeza e na solidão de um mundo sem sorrisos...

ps. criei isso agora, saindo do mirc :)