22.5.08

sou um mero pedaço
sobrevivente; testemunha
para contar aqui a história
de um furto qualificado
praticado por uma assaltante
de corações; periogosa
que pode estar à sua esquina
e te condenar a passar
o resto da vida
a escrever versos
doloridos e revoltados
e loucos de amor
que terão sempre como musa
a deliquente supracitada;