21.3.08

"Tomas dizia consigo mesmo: deitar-se com uma mulher e dormir com ela, eis duas paixões não apenas diferentes, mas quase contraditórias. O amor não se manifesta pelo desejo de fazer sexo (esse desejo se aplica a uma multidão inumerável de mulheres), mas pelo desejo de sono compartilhado (esse desejo diz respeito a uma só mulher"

Milan Kundera, trecho de "A Insustentável Leveza do Ser"

5 comentários: