5.7.05

Não sei

Não sei. É, simplesmente não sei o que escrever, o que pensar, o que fazer. Estou aqui por respeito aos que vão ler esse texto, pensar bem sobre ele, tirar conclusões sobre a minha forma de escrever e sobre o assunto tratado e expor isso nos comentários, e depois simplesmente fechar essa página e ir conversar com alguém no msn(ou mirc) sobre qualquer outro assunto.

Ok, vamos começar logo um assunto, ou melhor uma tese. Poderia dissertar sobre importância de Lampião no cangaço brasileiro, bem como sobre a sua causa social e criticar aqueles que o consideram um terrorista mas hoje não estou tão histórico assim, tentemos algo mais atual e mais polêmico: CPI - poderia expressar por essas vias escritas a minha indignação com tudo o que se passa nesse país e com esse circo que acontece na nossa política, porém hoje não estou tão politico. Talvez seria melhor falar de vestibular e criticar esse sistema falho e cruel que nos atormenta. Mas seria inutil, e não mudaria de nada.

Vou falar de mim, é acho que foi por isso que vim aqui, talvez até mesmo seja por isso que decidi criar esse blog. Por onde eu começo? poderia começar por toda aquela ladainha visivel em vários outros blogs, algo como "Sou Fábio, tenho 17 anos, não tenho namorada, tenho olhos castanhos..."no entando isso é muito chato, além de ser "pop". To pensando também em fazer aquele ar de nerd intelectual deprimido e repgista(nada contra os rpgistas) e falar algo bem gótico e melancólico para que as pessoas pensem que eu sou um cara do mal. Mas não seria verdadeiro e isso também é "pop". Aliás ter blog também é "pop", e usar alargador hoje em dia também é... ai ai ai tá bom, tá bom, admito gosto de algumas coisas "pop". Não sou completamente orginal. Até meu estilo de escrever é copiado. Afinal, existe alguém ou algo 100% original? melhor, o que é original? vou deixar essa pergunta no ar enquanto penso no que escrever. Já sei, posso falar da minha fantasia atual, acabou de surgir um mais "mas" no teclado e o apaguei, tem muitos "mas" nesse texto.

Humpf acho que vou acabar por aqui mesmo, não falei o que queria, talvez você que está me lendo, não leu o que queria. Quem se importa? isso é só um blog mesmo.

Sereis
Sereis
Sereis
amor?

Ou sereis
sereis
sereis
outra fantasia?

Não sei
só sei que sereis
é perfeito.

Talvez sereis
amizade.

ps. Essa poesia acima contem um significado oculto que só os escolhidos conseguirão decifra-lo. Acho que ela expressa o que eu queria dizer.